UMDicasPublicidade
 
             
  Autenticação/Login
 
Homepage
Mapa do Site
Contactos
email webmaster
   
  imprimir
voltar 
Xadrez: a prata que foi quase ouro!     Xadrez: a prata que foi quase ouro!
Algarve,terça-feira, 18-12-2012

O Xadrez da AAUMinho ficou a uma vitória do ouro no Campeonato Nacional Universitário (CNU) de Xadrez Rápidas por equipas que se realizou no Algarve e onde estiveram presentes oito equipas em representação de seis Universidades. O final de ano que está a ser "prateado" para a AAUMinho, com as conquistas dos vice-campeonatos coletivos no Badminton e o Ténis, poderia ter sido "dourado" para o Xadrez dos minhotos!
 

 

Se no início da época o técnico responsável pela modalidade na UMinho, David Fernandes, apontava como grande objetivo para 2012/2013 a prata, quando viu o naipe de atletas inscritos neste CNU, temeu pelo pior:

"Aquando da publicação pela FADU da lista de atletas e equipas inscritas na prova rapidamente tomei consciência de que a prata poderia ser uma miragem face à qualidade humana que este ano se fez representar nesta prova. Em particular, das Universidades do Porto e de Lisboa", referiu o técnico.

No entanto, e com o decorrer da prova, os atletas minhotos demonstraram que na AAUMinho há muito músculo, mas também muito cérebro. Xeque-mate após xeque-mate, os reis adversários iam tombando um após outro perante os estrategas da Universidade Sem Muros.

Frente à Universidade de Lisboa e com o jogo empatado 2-2, bastava uma vitória no 1º ou no 2º tabuleiro para se conquistar ao ouro... mas esta vitória não chegou e os minhotos tiveram de se contentar com a prata.

"Os meus atletas foram fenomenais, sabia que eles eram bons mas eles superaram todas as minhas expectativas. Nesta prova resultou o jogo de equipa mais do que nunca, a nossa estratégia resultou em pleno e todos os atletas foram igualmente importantes. Bruno Medeiros (Doutoramento Eng. Informática), Afonso Fernandes (Direito), João Fonseca (Música), João Sequeira (Bioquímica), Filipe Rodrigues (Eng. Comunicações), Ana Mendes (Eng. Mecânica) e Joana Ribeiro (Física) estão todos de parabéns!", comentava David Fernandes, após a conquista do segundo lugar do pódio.


Apesar deste excelente resultado, a ambição do técnico minhoto contínua em alta: "O próximo CNU de Xadrez terá como entidade organizadora a nossa Universidade, pelo que os objetivos que traço estão também divididos. No aspeto organizativo tudo farei para que a modalidade do xadrez seja valorizada, não descurado em nada, pois os atletas assim o merecem. No aspeto competitivo, como é uma prova apenas de individuais (CNU Semi-Rápidas Individual) a estratégia que resultou na prova do Algarve já não se poderá aplicar nesta prova. Tudo dependerá apenas da performance do próprio atleta, e se estiverem presentes os jogadores de outras universidades que estiveram presentes nesta prova de rápidas dificilmente teremos algum atleta da UMinho no pódio. Mas quem sabe..."

No próximo mês de Maio, e já a contar para Guimarães Cidade Europeia do Desporto, o polo de Azurém será o palco para mais um grande duelo de estrategas do Xadrez universitário!

Texto: Nuno Gonçalves

 
voltar 
 
  terça-feira, 21.11.2017 |  © 2017 UMDicas / SAS